A Carregar...
Por favor aguarde...

Waking Dream Therapy

23 MAR 2017

Liberte-se dos seus medos. Como? A nossa formadora, Professora Doutora Maria Antónia Jardim*, explica tudo.

  

A Waking Dream Therapy (WDT) é uma técnica de raiz terapêutica, com exigências a nível ético e deontológico, de uma terapia. A pessoa é confrontada com a sua consciência onírica de vigília que, por sua vez, desencadeia processos criativos, assim como, a redescoberta de si mesmo enquanto outro. Saiba mais neste artigo.

 

Em português, a imaginativa onírica, antes de mais, respeita a livre expressão da afetividade, restaura-a e desenvolve-a; constitui por si só um treino saudável do imaginário, tal como, uma via de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.

A imaginativa onírica surge como a “luz ao fundo do túnel” que nos orienta para a redescoberta de um potencial criativo. Há que valorizar a consciência onírica no estado de vigília para podermos agarrar o homo consciens.

Carl Gustav Jung, psicoterapeuta, já falava de imaginação ativa. Mas é em França, com Desoille, psicoterapeuta,que a imaginativa onírica se impõe quando desenvolve o chamado Rêve Éveillé Dirigé. O terapeuta propõe ao paciente (de olhos fechados, na obscuridade) um cenário imaginário que vai desenvolvendo com símbolos e, à medida que o vai vivenciando, o terapeuta vai orientando este cenário, este espaço imaginário, onde a imaginação antecipa soluções, descobre laços e significados. Trata-se de novos sentidos para si mesmo! Podemos dizer, que muitas vezes, com uma única sessão de imaginativa onírica, a pessoa pode dar a volta à sua vida por completo, visto que a interpretação de dados encobertos pelo subconsciente se torna de tal modo reveladora que permite essa metamorfose e mudança de vida.

Imagem Blog: 20180112150104_93050-379x498.jpg

 

BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE

Esta terapia destina-se a qualquer tipo de pessoa que queira autoconhecer-se melhor ou libertar-se de medos, tabus e preconceitos, frequentemente impostos pela educação. É uma terapia com benefícios para a saúde, nomeadamente para o coração, pois é o chakra do coração que mais se trabalha na Waking Dream Therapy. Como sabe, a vida é feita de escolhas e todos sabemos que as nossas escolhas mais importantes, ao longo da nossa história de vida, são emocionais, afetivas, logo, enlaçadas no coração. Por isso, há que ir ao fundo dos nossos sentimentos e descobrir o que sentimos acerca dos nossos valores, pessoas com quem convivemos, crenças que possuímos e desejos não concretizados por falta de autoestima, medo ou preconceito.

 

Imagem Blog: 20180112150107_73850-600x390.png

A IMPORTÂNCIA DO “AQUI E AGORA"

Assim sendo, a Waking Dream Therapy não tem qualquer contraindicação, não se pode confundir com meditação ou Raja Yoga, porque é uma terapia para todos e para ser feita sempre que a pessoa sinta necessidade de ir mais longe no seu autoconhecimento, na evolução de consciência, no “aqui e agora”. É o tempo presente que interessa nesta terapia, cruzando nele, passado e futuro, visto que se atualizam os medos e os sonhos.

É também catártica, no sentido da libertação do “eu”, do subconsciente para o consciente. É o caminho do vazio da lua para o consciente luminoso do sol! Note-se que estes métodos remontam à Antiguidade. Encontram-se, hoje, em diversas civilizações ditas “arcaicas”, quer como prática ritual, quer como prática terapêutica. Em Portugal, existem cursos e pós-graduações que incluem a Waking Dream Therapy, nomeadamente no CRIAP, instituição onde sou formadora, e que possui parceria com a Associação Internacional de Waking Dream Therapy, assim como sessões individuais de WDT.

 

Maria Antónia Jardim *

 

 

Fonte: Reiki & Yoga nº12, Ano VI | 2017, artigo escrito pela nossa formadora

*Doutorada em Ciências da Educação pela Universidade do Porto. Mestre em Literaturas Clássicas Comparadas pela Universidade Clássica de Lisboa. Pós- doutorada em Arte Terapia. Discípula de Paul Ricoeur, é especialista em Estudos Hermenêuticos e Simbólicos. Professora universitária com Agregação em Psicologia da Arte; investigadora no CLEPUL. Membro da International Association of Waking Dream Therapy. mariaantoniajardim@gmail.com

 

 

PARTILHE ESTE ARTIGO: