A Carregar...
Por favor aguarde...

Isabel Barros

Coreógrafa, encenadora, diretora artística. Fez a sua primeira aula de ballet aos 8 anos. Após a sua formação inicial em dançaclássica com Ruth Howner realizou diversos cursos em dança contemporânea e composição em Paris, onde residiu e estudou no Institut d’Études Théâtrales-Paris III. Em Berlim fez um estágio com Susanne Linke no qual desenvolveu trabalho de performance a solo, tendo após essa experiência criado diversos solos, e sendo ainda um formato ao qual pontualmente volta. Estudou teatro e conclui a licenciatura do Curso Superior de Teatro na Escola Superior Artística do Porto. Desde 1992 tem apresentado regularmente as suas criações. Nos seus espetáculos teve colaboração de diversos artistas tais como Pedro Tudela, Albuquerque Mendes, Carlos Guedes, Jonathan Saldanha, Regina Guimarães, Daniel Worm d’Assumpção, Nuno Meira, Nuno Gama, João Paulo Seara Cardoso, Roberto Neulichedl, André Cepeda, João Vaz de Carvalho, Vítor Rua, entre outros. Colaborou em diversos espetáculos do Teatro de Marionetas do Porto. Como programadora concebeu para o balleteatro auditório diversos ciclos de espetáculos nas áreas da dança, do teatro e da música privilegiando formatos transversais e alternativos e dedicando momentos para criadores emergentes. Recebeu o prémio Almada (1999), atribuído ao balleteatro, como distinção do trabalho realizado ao nível da programação. Em 2015 recebeu também a Medalha de Mérito cultural grau ouro em nome do balleteatro. Foi membro da rede internacional e membro do conselho artístico Repérages Danse à Lille, desde 1999 até ao fim da existência desta rede, 2011. É responsável pela coordenação de vários projetos de carácter social, tendo nos últimos anos trabalhado com várias comunidades, dos quais se destacam os projetos com maiores de 65 anos, reclusos, comunidade cigana e pessoas com paralisia cerebral. Em 2008 lançou o seu primeiro livro: Quando é que chegamos?, especialmente dirigido às crianças. É autora, escrevendo um artigo de opinião mensal para a Porto 24. Desde Novembro de 2010 é diretora artística do Teatro de Marionetas do Porto e Museu das Marionetas do Porto, inaugurado em Fevereiro de 2013.