A Carregar...
Por favor aguarde...

A Estranha Ordem das Coisas

29 DEZ 2017

O neurologista António Damásio lançou recentemente, em Portugal, o Livro “Estranha Ordem das Coisas”.

 

LEIA A SINOPSE:

A resposta habitual a esta pergunta remete para a excecional inteligência humana, auxiliada por uma faculdade ímpar: a linguagem.

Em A Estranha Ordem das Coisas, António Damásio proporciona uma resposta diferente.

Ele afirma que os sentimentos – de dor, sofrimento ou prazer antecipado – foram as forças motrizes primordiais do empreendimento cultural, os mecanismos que impulsionaram o intelecto humano na direção da cultura. Além disso, propõe que os sentimentos monitorizaram o sucesso ou o fracasso das nossas invenções culturais e permanecem, ainda hoje, envolvidos nas operações subjacentes ao processo cultural, para o melhor e para o pior. 

A interação favorável e desfavorável de sentimento e razão deve ser reconhecida se quisermos compreender os conflitos e as contradições que afligem a condição humana, desde os dramas humanos pessoais até às crises políticas.

 

SOBRE O AUTOR:

António Rosa Damásio nasceu a 25 de fevereiro de 1944 em Lisboa.

A sua formação decorreu na Universidade de Lisboa, onde se licenciou e doutorou em Neurologia. Desenvolveu, inicialmente, as suas pesquisas no Centro de Estudos Egas Moniz, nomeadamente no Laboratório de Investigação da Linguagem.

Com o objetivo de alargar o alcance das suas pesquisas, emigrou com a sua esposa Hanna Damásio para os Estados Unidos onde reforçou a sua posição como investigador do Centro de Pesquisas da Afasia de Boston, tendo depois integrado a Universidade de Iowa no Departamento de Neurologia do Comportamento e Neurociência Cognitiva. Para além desta unidade, também integrou parte do Centro de Investigação da Doença de Alzheimer da mesma universidade.

 

Boas leituras!

 

Imagem Blog: 5a85c704d9376-608x400.jpg

António Damásio
A Estranha Ordem das Coisas: a Vida, os Sentimentos e as Culturas Humanas
1ª edição, Círculo de Leitores, 2017

 

 

PARTILHE ESTE ARTIGO: